WEB RÁDIO

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Confiar


Caminho sem rumo,
nao sei onde vou chegar
mais levo comigo a certeza que Deus vai me guiar
Por tantas vezes sozinho caminhei
e no fim do tunel, nenhuma luz eu encontrei.
Uma voz ouvi a me chamar.
Filho meu eu vou te encontrar
vida nova a ti darei
e o meu Espirito te enviarei
de tuas feridas eu irei cuidar
e as tuas forças renovar.
Passo a passo vou reconstruir
o caminho que me levará a ti,
por barreiras eu vo passar,mas no fim a ti vou encontrar. Pai em ti vou confiar!

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

O Papa nos definiu como Sentinelas da Manhã



“ Quando a luz vai diminuindo ou desaparece totalmente, deixa-se de poder distinguir a realidade circundante. No coração da noite, pode-se sentir medo e insegurança, aguardando-se então com impaciência a chegada da luz da aurora. Amados jovens, é o vosso turno de ser as sentinelas da manhã que anunciam a chegada do sol que é Cristo ressuscitado! “

Palavras do Papa João Paulo II na homilia da Vigília da JMJ de Toronto, “ pude definir os jovens como "sentinelas da manhã naquele alvorecer do novo milênio". Estou feliz por ver que aquelas palavras não cessam de fazer vibrar o vosso coração, como também o coração de muitos rapazes e moças, estimulando as suas mentes para a ação.O coração do Papa alegra-se e dá graças a Deus, porque os jovens não só escutam, mas acolhem, refletem e sobretudo  esforçam-se  para  pôr  em prática a palavra recebida, que não é palavra dos homens, mas Palavra de Deus, que atua em vós que acreditam que só Jesus é o verdadeiro Mestre, só Jesus apresenta uma mensagem que não muda, mas que responde às expectativas mais profundas do coração do homem, Ele sabe o que cada um leva no coração, porque só Ele conhece "o interior de cada um" (Jo 2, 25). Hoje, ele chama-vos a ser sal e luz do mundo, a optar pela bondade, a viver na justiça, a tornar-vos instrumentos de amor e de paz. A sua chamada exigiu sempre uma opção entre o bem e o mal, entre a luz e as trevas, entre a vida e a morte.  Qual será a chamada que as SENTINELAS da manhã escolherão seguir? Crer em Jesus significa acolher o que Ele diz, mesmo se vai contra a corrente em relação ao que dizem os outros. Significa recusar as solicitações do pecado, por muito atraentes que elas possam ser, e encaminhar-se pelo caminho exigente das virtudes evangélicas.
Jovens que me escutais, respondei ao Senhor com um coração forte e generoso! Ele conta convosco. Não vos esqueçais:  Cristo precisa de vós para realizar o seu projeto de salvação! Cristo precisa da vossa juventude e do vosso generoso entusiasmo para fazer ressoar o seu anúncio de alegria no novo milênio. Respondei ao seu apelo pondo a vossa vida ao Seu serviço nos irmãos!
- Sentinelas – aqueles que trazem a luz às trevas que foram disseminadas pelos falsos profetas à juventude.  O Mundo atual precisa de testemunhas do Amor de Deus ... Precisa de Sentinelas para sejam sal da terra e luz do mundo.



segunda-feira, 18 de junho de 2012

A verdadeira missão


Não há dúvida do nosso chamado a ser filhos, ser anunciadores da Palavra de Deus, a ser santos. Deus dá muito a cada um de nós e não podemos entregá-lo o pouco.

Sentinelas da Manhã... Ser designado de tal forma é realmente uma dádiva de Deus! Assumir tal presente é opção nossa. Assumindo este chamado a ser Sentinela da Manhã assumimos a missão que vem com ele. Sabemos que na história do povo de Deus, o nome era trocado quando lhe era confiado uma nova missão; foi assim com Abrão que se tornou Abraao, foi assim com Simão que se tornou Pedro, foi assim com Saulo que virou Paulo; é assim com você que hoje é chamado de Sentinela da Manhã!

Sou então missionário? Que missão é essa? Como devo fazer? Muitas perguntas surgem em nossa mente. Sim somos missionários, porque a nós foi confiada essa missão de evangelizar a juventude com os dons que ininterrupta e gratuitamente o Espírito derrama!

E ao assumir esse posto de Sentinela é preciso saber que levamos o nome de Deus, o rosto de Deus, a voz de Deus. E é também preciso saber que não há mais espaço para coisas que constituíam o homem velho. Deixemos de lado as pequenas coisas, os vícios, as fofocas, as dispersões. Voltemos nosso olhar a Cristo, que deve ser amado, adorado e anunciado por nós!

Juventude Sentinela, não há mais tempo para não viver a santidade! Não há mais tempo para não sermos nós mesmos, em nossas vidas, o anuncio do evangelho que o mundo espera. Apressemo-nos! Há muito que fazer, mas há também muito que deixar... Exorto-vos, a um exemplo de renúncia, que é o demasiado “cuidado” com a vida do outro e julgamento desta. Façamos o que compete a nós e nos inteiremos do que Deus nos pede.

Se somos denominados de anunciadores da Manhã como deixar que à escuridão se faça anunciar em nossos lábios. Procuremos a intimidade com o Senhor em oração, Eucaristia e adoração. Assumamos nossos postos e missão proclamando a Santidade de Cristo que vive em nós!

Como disse é uma escolha. E esta é a escolha do Ministério Jovem da Renovação Carismática Católica de Caratinga!

Com amor pastoral,


Tracy Gomes Costa - Coordenadora Diocesana Ministério Jovem

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Missionário, eu???

Missionário é uma pessoa bem semelhante a você, vive no mesmo mundo que você, sente as mesmas vontades, talvez até tenha os mesmos gostos, fala a mesma língua que você, tem os mesmos hábitos, as mesmas misérias, circulam pela mesma rua, passeiam no mesmo shopping, enfrentam provas na faculdade, trabalham para conquistar o pão de cada dia. Mas você deve estar se perguntando: o que me diferencia de um missionário então?

Uma coisa, um chamado, uma correspondência diária.Nossa que complicado!!! Vou tentar explicar melhor.

O missionário é aquele cara que passa pelos lugares e deixa um rastro, um cheiro agradável, cativante e atraente, por onde ele passa.
E a gente acaba se perguntando: “Nossa o que essa pessoa tem que a faz tão diferente? ”.E no fundo no fundo, sentimos o desejo se ir atrás dele para saber de onde vem esse cheiro, essa paz, essa harmonia e felicidade toda em seu semblante.E a que surpresa ao encontrá-lo, poder ver que o missionário é e foi apenas uma “isca” para atrair você até Aquele que a chamou, que é o próprio Deus, que hoje pode estar chamando você para ser esse perfume de Cristo no mundo e fazer toda a diferença ai onde você está !

 
Fonte: Mariana Lazarin Gabriel (Canção Nova)

Fé em Deus pode melhorar a recuperação psicológica

   Quem acredita em um Deus benevolente se preocupa menos com as incertezas da vida do que aqueles que creem em uma religião cheia de punições, segundo a pesquisa do Hospital McLean, publicada no "Journal of Clinical Psychology" e que será apresentada nesta sexta-feira no encontro anual da Associação Americana de Psicologia. Os médicos responsáveis pelo estudo acreditam que a crença dos pacientes deve ser mais considerada em seus regimes de tratamento e pedem que os profissionais de saúde as integrem para acelerar a recuperação. "Muitos não estão preparados para perceber como as crenças espirituais podem contribuir para os estados afetivos e integrar estes temas ao tratamento de forma sensível", escreve o coordenador do estudo, David H. Rosmarin.
   A pesquisa tem dados de dois estudos: um deles questionou 332 indivíduos, incluindo cristãos e judeus, a partir de sites e organizações religiosas. O outro pesquisou 125 pessoas em organizações judaicas, mostrando um programa de áudio e vídeo concebido para aumentar a confiança em Deus.
   No primeiro caso, os pesquisadores constataram que aqueles que acreditavam em um Deus protetor eram mais confiantes. Já o segundo grupo mostrou um aumento de confiança enquanto clínica e estatisticamente diminuíam as incertezas, preocupações e estresse. O estudo mostra ainda que 93% dos americanos acreditam em Deus ou em um poder superior e que 50% deles consideram a religião muito importante em suas vidas.
   "Existem evidências que indicam que muitas áreas da espiritualidade e da religião podem prever o funcionamento psicológico, mas os profissionais de saúde sequer perguntam sobre as crenças das pessoas. É uma loucura, nem perguntamos, não somos treinados para isso. Mas é importante", destaca o pesquisador.

Fonte: http://www.idest.com.br/noticia.asp?id=27913

domingo, 10 de junho de 2012


È preciso olhar o Sacrário ..



... Conhecer alguém é antes de tudo respeitar o sacrário que deverá ser inviolável durante a vida!
                                                                                                                  (Pe. Fábio de Mello)

     Aprendi que sempre é TEMPO DE RESSIGNIFICAR. Dar novo significado e, sobretudo novo sentido ao que temos vivido, é sem sombra de duvida uma dádiva radiante aos olhos humanos concedida pelas mãos do Criador.  Mas virar a página não quer dizer arrancar-la e sim prosseguir com a leitura. Novas palavras, novas letras que simplesmente dão seqüência e até mesmo concluem a página virada.E a pergunta é : que significado temos deixado na vida das pessoas? Temos entrado na vida dos nossos como quem entende o sacrário que ali está?Como temos permitido que as pessoas entrem na nossa vida?

     Preocupo-me cada vez mais com a maneira com que as pessoas permitem que sua vida tenha uma rotatividade de pessoas. Se ouve cada vez menos contar sobre melhores amigos, segredos, amor verdadeiro... E em conseqüência disso vemos pessoas solitárias que ainda não perceberam a essência do VERDADEIRO AMOR .

Mais quem é o verdadeiro amor
A causa da maioria dos sofrimentos  vem a tona quando não encontramos no que julgamos ser nosso alicerce , aquilo que acreditamos a vida inteira poder encontrar. Daí a necessidade de encontrarmos o verdadeiro amor que costumo chamar de CRISTO JESUS . Não é que na terra não vamos encontrar verdadeiros amores, é que precisamos ser uma geração que acredite que o primeiro grande amor vem do Senhor!E ele acrescentará o melhor em nós. Assim começaremos a entender que cada um traz dentro de si um sacrário precioso, pois trazemos em nós o próprio Deus. Acreditar que em cada um há um sacrário é  antes de tudo entender que ali Deus habita. Antes de “violar” a vida de alguém com minhas razões, é necessário  entender  que trazemos em nós o próprio Cristo.

...Tire “as sandálias dos pés, porque o lugar onde estás é terra santa” (Êxodo 3.5), Tomando posse da Palavra de Deus , queiramos perceber na simplicidade do cuidado , a essência e a beleza do outro. Cuidar é preservar,acolher e mais do que tudo amar
...Onde reina o amor, fraterno amor DEUS aí está !!!


Roberta Leite ( Núcleo Diocesano MJ –RCC Caratinga) 

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Santíssima Trindade


Neste domingo (03/06/2012) celebraremos a Solenidade da Santíssima Trindade.  Para nós juventude católica missionárias, verdadeiros Sentinelas da Manha, esse mistério tem uma significância enorme, pois assim como nos diz a leitura de domingo, Mt 28,16-20 “Ide, pois fazer discípulos entre todas as nações  e batizai-os em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo”. Jesus com AUTORIDADE disse isso durante sua aparição na Galiléia, Cristo nos enviou esta missão para que possamos anunciar sua palavra e “recrutar” novos soldados para sua obra. Mas o que é a Santíssima Trindade? Todos nós sabemos que é o Pai, Filho e o Espírito Santo, e para aprofundarmos um pouco mais e facilitar essa compreensão usemos de uma “historia” narrada por Santo Agostinho: Conta-se que Santo Agostinho andava certo dia a passear na praia a meditar sobre este mistério da Santíssima Trindade: um Deus em três pessoas distintas… Enquanto caminhava, observou um menino que carregava um pequeníssimo balde com água. A criança ia até o mar, trazia a água e deitava-a dentro de um pequeno buraco que havia feito. Após ver repetidas vezes o menino fazer a mesma coisa, resolveu interrogá-lo sobre o que pretendia. O menino, olhando-o, respondeu com simplicidade: -”quero colocar a água do mar neste buraco”. Santo Agostinho sorriu e respondeu-lhe: -”mas tu não percebes que isso é impossível mesmo que trabalhes toda a vida? O mar é infinitamente grande. Jamais o irás conseguir colocar aí todo dentro desse pequeno buraco…”.

Então, novamente olhando para Santo Agostinho, o menino respondeu-lhe: “ora, é mais fácil a água do mar caber nesse pequeno buraco do que o mistério da Santíssima Trindade ser entendido por um homem!”. É mais fácil colocar toda a água do mar aqui dentro deste buraco que o homem conseguir entender o mistério da Santíssima Trindade. O homem é infinitamente pequeno e Deus é infinitamente grande!

Pronto, com esse exemplo, clareou bastante para nós sobre a Trindade Santa, Celebrar a Santíssima Trindade é muito mais que querer entender um Deus uno que vive e se manifesta em três pessoas. Celebrar a Santíssima Trindade é querer descobrir que o nosso Deus é uma comunhão de amor.


Um outro exemplo juventude, é uma comparação feita com o fogo, o fogo serve para queimar, aquecer e clarear,  se manifesta de 3 formas diferentes, mas é apenas um,  ou então os antigos aparelhos de som, que ao em um só era CD, toca fita e rádio, mas sempre com o mesmo objetivo. E assim podemos ver esse mistério como o PAI-CRIADOR, o Filho-Redentor e o Espírito Santo – o auxiliador.  Ministério Jovem peçamos a DEUS e a Virgem Maria que possamos entrar nessa família, dessa comunhão de amor, comunhão de missão e de esperança, que impulsionados pelo Santo Espírito, sejamos sinais de Deus vivo na terra. E para encerrar o versículo 20 nos fala: “Ensinai-as criaturas a observar tudo o que prescrevi. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo”. 

terça-feira, 29 de maio de 2012

Relacionar-se com Cristo


 Como podemos fazer uma amizade,amar uma pessoa,se não nos relacionarmos com ela?
   Faz alguns anos,fui diretor espiritual de um rapaz que padecia de uma característica: era muito tímido.
   Um dia,disse-me com um tom solene:"Acabo de conhecer uma menina que gostaria que fosse a mãe dos meus filhos."

 _ Mas, rapaz, voce falou bonito; parece José de Alencar...-respondi-lhe.
  _ É que sou muito tímido,sabe. E pensei,pensei...não sabia como expressar-me e saiu a frase que acabo de dizer.Gostou?
  _ Gostei. E daí?
  _ E daí que eu gostaria que o senhor me desse umas dicas para namorar com ela.
  _ Eu? Umas "dicas" pra namorar? Que pensa voce? Vire-se.
  _ Não,por favor,sou muito tímido.
  _ Bem, vamos ver, ela estuda?
  _ Sim.
 _ Pois fique na porta do colégio, e quando ela sair voce "entra em campo"... Comece com aquele papo simples,simpático...
  _  Não, não, eu ficaria vermelho como um tomate e ela iria reparar. Isso não vale.
  _  Pois então telefone para ela. Assim ela não enxerga cor nenhuma...
  _  Mas e se quem atender o telefone for o pai? Ele é um "portuguesão" bravo...
     O rapaz foi colocando dificuldade, até que acrescentou:
 _  Já sei o que vou fazer...vou rezar.
 _  Rezar não basta.Aprendi aquele ditado popular "a Deus rogando e com o martelo dando"! Deus não premia a apatia e a timidez.
 _  De qualquer maneira, Deus é tão bom...e eu vou rezar tanto,tanto...
     Depois de um mes, o rapaz voltou contentíssimo: Estou rezando demais.
_  Mas não fez nenhuma tentativa?
_  Não, só rezar,mas intensamente.
    Passou mais um mês,mais um ano e deixou de falar no assunto.Um dia eu o abordei...
_  E o que aconteceu com aquela menina?
    Ele, baixando a cabeça,respondeu:
_ Casou-se com outro!
Naturalmente,quando não há relacionamento,não brota o amor.
       Em todos os terrenos,pode acontecer o que aconteceu a esse rapaz ou àquele outro que dizia: "Faz cinco anos que escrevo à minha namorada, todos os dias...todos os dias mando aquela cartinha para o lugar onde ela mora...uma chácara retirada(distante)... E acabo de saber que se casou com o carteiro!"
      Evidente! Era ele quem entregava a cartinha, que tratava de perto aquela moça.Não há amor sem um contato íntimo; é preciso   
suprimir as distâncias.
   
     O mesmo acontece com Cristo. Temos que trazê-Lo para perto com um ato de fé viva que diga: "Meu Senhor e meu Deus, creio firmemente que estás aqui,que me vês,que me ouves" e começar a conversar com Ele, porque Ele realmente está presente e nos escuta.
     
     A oração é uma conversa íntima com o Senhor.Pode-se conversar de mil maneiras: lendo um texto do Evangelho, sentindo-nos como um dos personagens da narrativa - como o leproso, a viúva de Naim, a cananéia -, gritando-Lhe as nossas necessidades: "Cura a minha lepra! Ressuscita o meu filho!", ou sentando-nos aos Seus pés como Maria,  lá em Betânia e escutando Suas confidências. Podemos, então, falar-Lhe dos nossos pecados, dos nossos projetos, das nossas penas e alegrias, ou simplesmente ouvir Suas palavras, contemplando, como Maria. 
 
                  Por Dom Rafael Llano Cifuentes, extraído do livro- A juventude e a força do amor.
 

sábado, 26 de maio de 2012

MUR na Diocese de Caratinga


Movido pelo Espírito Santo e pelo desejo de anunciar Cristo a todos os povos, o Ministério Universidades Renovadas vem dado seus primeiros passos na diocese de Caratinga através do Grupo de Oração Universitário, o GOU, que tem sido o principal instrumento de anuncio dentro das universidades.
O GOU Sagrado Coração de Jesus foi o pioneiro de nossas atividades, em funcionamento há mais de três anos vive hoje a concretização da promessa “servo bom e fiel, como você foi fiel na administração de tão pouco eu lhe confiarei muito mais” (Mateus 25, 21). No início, o GOU contava com apenas oito participantes que se revezavam no serviço. É o que diz Kássia Amaral, acadêmica de psicologia, presente no início das atividades, “juntamente com dois amigos que conheci logo que cheguei, fui buscar formas para que esse grupo novamente acontecesse, e a partir daí ele voltou com toda força, não apenas para mim, mas para muitos que decidiram sentir o amor de Deus, pelo menos por alguns minutos junto a aqueles que estão ao seu lado na luta diária para a profissionalização. O GOU foi importante para encorajar-me a chegar até a faculdade e hoje continua importante para que eu me mantenha nela. Sem o amor de Deus nada faz sentido, sem o encontro com Ele também na faculdade, nenhuma profissão fará sentido”.
Hoje o GOU conta com quase trinta participantes em todas as reuniões. O amor de Deus tem atingido muitos universitários, como Rafael Felipe, primeiro período de engenharia ambiental que frequenta o GOU desde o seu ingresso na universidade, “tem sido de extrema importância para mim participar  toda segunda-feira  e sinto-me  atraído  por Deus a estar ali para ouvir a sua palavra que me dá força e equilíbrio para enfrentar não só as adversidades da faculdade mas sim da vida que se segue. Não tenho palavras para descrever como é a sensação de estar ali orando e ouvindo os colegas , esta sensação só poderia ser dada mesmo pelo nosso maravilhoso Senhor”.
Outros GOUs, assim como projetos próprios do Ministério estão sendo implantados. O desejo de que outros universitários também experimentem esse amor que transforma e forma profissionais do reino é o que impulsiona a expansão das atividades do MUR em nossa diocese. Venha viver esse sonho de amor!

                        
       Por Helenice Aredes- Coordenadora Diocesana do Ministério Universidades Renovadas                                                                 

Santo do Dia São Filipe Neri

O "santo da alegria" nasceu em Florença, Itália, no ano de 1515.

Depois de ficar órfão, recebeu um convite de seu tio para que se dedicasse aos negócios. Mas, tendo vida de oração e discernimento, ele percebeu que Deus o chamava a um outro negócio: expressar com a vida a caridade de Cristo.

Néri foi estudar em Roma. Estudou Filosofia e Teologia, deixando-se conduzir e formar pelo Espírito Santo e, mesmo antes de ser padre, visitava os lugares mais pobres de Roma. Formou uma associação para cuidar dos doentes pobres. 

São Filipe disse sim para a glória de Deus e iniciou a bela obra do Oratório do Divino Amor, dedicando-se aos jovens e testemunhando sua alegria. Vivia da Divina Providência, indo aos lares dos ricos pedir pelos pobres.

Homem de oração, penitência e adoração, São Filipe Néri partiu para o céu com 80 anos, deixando para nós esse testemunho: renunciar a si mesmo, tomar a cruz a cada dia e seguir Jesus é uma alegria. São Filipe Néri, rogai por nós!

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Eu sou de Deus


Deus em sua sabedoria suprema nos concedeu o livre arbítrio. Nos deu a oportunidade de fazermos escolhas, de direcionar nossas ações, ou seja, de viver  ao nosso modo. Hoje somos conduzidos a essa “vivencia livre” de maneiras no mínimo interessantes.
            Seguindo mentalidades contidas em músicas como “eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo e todo mundo me quer bem. Eu sou de ninguém eu sou de todo mundo todo mundo é meu também” nos caracterizamos como terreno público. O que é publico é de todos, não tem “dono”, todos entram, fazem o que querem e vão embora. Todos passam e ninguém permanece.
            Quando temos a oportunidade de observarmos a diferença entre público e o privado percebemos que no terreno privado podemos controlar o fluxo de pessoas. Só entra quem o “dono” permite, e essa é a principal diferença, existe um “dono”. Alguém que cuida que zela alguém que permite ou não a entrada de outros. O dono tem autoridade sobre o terreno.
            Deus em sua sabedoria suprema nos concedeu o livre arbítrio. Nos deu a oportunidade da decisão entre ser “público ou privado”.  Ele nos dá a oportunidade de assim como o povo relatado em Isaías 44 que após observar o cuidado do Deus que os escolheu e que nunca os abandonou e se preciso fosse faria brotar água no chão seco declara: eu pertenço a Deus!
            Quando escolhemos Deus como proprietário, entregamos nossa vida nas mãos de quem realmente nos conhece. De quem cuida de quem ama e quer nosso bem. De quem pode fazer água brotar na terra seca do nosso coração. De quem troca reinos e riquezas pela nossa vida. De quem vai até as ultimas consequências por cada um de nós. E é necessária a percepção de que independente da nossa escolha Ele vai continuar nos amando.
            Eu escolho ser de Deus. E você?

“Desde sempre Deus pensou
E no ventre consagrou
Esse simples pecador
Pelo nome me chamou
(...)
Nada, nada, me fará voltar atrás
Nada, nada, pode desfazer o que Deus faz
Sou de Deus e já não me pertenço mais”
(Sou de Deus, Ministério Amor e Adoração)

Por Helenice Aredes- Coordenadora Diocesana do Ministério Universidades Renovadas